PASSAGEM AÉREA - NACIONAL

Os pedidos devem ser encaminhados à Assistência Financeira, com antecedência mínima de 30 dias, por intermédio de um ofício endereçado ao Senhor Diretor, contendo os seguintes dados:

JUSTIFICATIVA CIIRCUNSTANCIADA - deverá ser elaborada pelo interessado em linhas gerais, e deverão ser evidenciados:

- importância do evento para o Departamento/FFLCH;
- objetivo da viagem;
- resultado esperado;
- cronograma das atividades e detalhamento das despesas a serem custeadas pela USP.

• nome completo do passageiro e data de nascimento;
• número do R.G.;
• itinerário, data e horário estimado de embarque  (ida e volta);
• telefone e e-mail para contato;
• verba que será onerada;
• o “de acordo” da Chefia imediata;
• carta convite/aceite do órgão de destino e programa do evento, se houver;
• juntar cópia do pedido de afastamento (docente da casa);
• juntar proposta circunstanciada devidamente aprovada no mérito pelos colegiados pertinentes da   Unidade/Órgão (aluno)

As passagens serão adquiridas na classe econômica e sem preferência de empresa aérea.

O horário indicado para a compra da passagem deverá ter margem para negociação, vedada a indicação de horário que corresponda a apenas a uma cia aérea.

As eventuais multas e diferenças de tarifas decorrentes de mudança de horário/data da viagem, após a emissão do bilhete, correrão por conta e risco do passageiro.

 

Regras Gerais

PARA PROFESSOR VISITANTE
Não há limite de viagem, sendo ela nacional, desde que aprovada pela chefia do departamento e pelo Diretor.

PARA ALUNO
Deverá ser o aluno regularmente matriculado na FFLCH/USP.
Valor limite: até R$3.000,00. (ver AUXÍLIO ALUNO)
Limite de uma viagem (ida e volta) por aluno.
Exclusivamente à cobertura de despesas decorrentes de sua participação em eventos ou atividades acadêmicas relacionadas ao curso ou ao projeto de pesquisa do aluno.
A proposta circunstanciada a ser apresentada pelo interessado deverá ser aprovada no mérito pelo professor responsável e pelos colegiados pertinentes da Unidade;

A concessão só deverá ser feita com recursos próprios dos Departamentos.

 

PARA SERVIDOR  DA UNIDADE

Cada professor visitante terá direito a 01 (uma) passagem aérea, seja nacional ou internacional, por ano civil.